Liberar perdão é algo primordial para mudar as nossas vidas, muito mais do que pensar em seguir em frente como se nada tivesse acontecido, pensar sobre o perdão é curar feridas e trazer um grande crescimento para a sua vida, nas mais variadas áreas: Pessoal, profissional e espiritual.

Nossos pais, nos deram o melhor!

Difícil acreditar que nossos pais nos deram o melhor, porque na nossa mente gostaríamos de que tudo tivesse sido diferente…

Pense comigo, numa época em que as informações era bem mais difíceis de serem encontradas, onde as notícias e tudo relacionado a educação ainda andava devagar, como os nossos pais nos dariam uma educação diferente da que eles receberam?

Por isso falamos que os nossos pais nos deram o seu melhor, porque era o que eles realmente tinham, a forma como foram educados, aquilo que eles receberam, também passaram a diante.

Repetimos automaticamente a forma como fomos criados.

Inúmeros estudos afirmam que mesmo não querendo, inconscientemente repetimos tudo o que aprendemos com nossos pais.

Por isso estamos aqui, trabalhando o desenvolvimento dos pais e ajudando na busca pelo autoconhecimento, pois só assim saberemos quais são as nossas características, o que herdamos dos nossos pais e o que podemos/queremos manter ou o que será mudado daqui em diante!

Aceitar é o melhor remédio.

Aceitar e perceber que vocês possuí sim características que são herdadas dos teus pais é o primeiro passo para a transformação, por isso queremos te lançar um desafio:

Liste 5 coisas que você faz e que lembram os seus pais.

Se você gostou desse assunto acesse o nosso grupo e fique por dentro das lives, mesmo que não tenha gostado do assunto e isso mexeu algo dentro de você, participe das lives mesmo assim!

Author

Lucas Bassualdo, entusiasta em Marketing Digital e conexões, sou apaixonado pelo universo infantil e atuo como Palhaço a mais ou menos 10 anos, algo que me trás vida. Sou pai da Júlia, uma mini palhaça e mega comunicativa que nasceu a minha cara, mas graças a Deus tem saúde! hehehe

Write A Comment