Que quase virou pesadelo!

Ser pai sempre foi o meu maior sonho, mas sabe quando aquele sonho começa a se tornar pesadelo? Comigo foi assim.

Num dia eu me tornei pai, no outro comecei a repetir toda a história de vida que vem perseguindo geração após geração: A SEPARAÇÃO.

Eu sempre quis ser pai e quando me tornei acabei abandonando o meu maior tesouro, a família, algo que eu sempre lutei para ter, mesmo que eu não tivesse um padrão, sempre tive nos meus amigos e famílias ao redor, uma visão do que eu poderia alcançar!

Venho de uma geração de homens que foram abandonando as suas famílias e indo para outra, outra e mais outra, porém de forma imperceptível eu comecei a traçar o mesmo destino, me separei, pensava nas possibilidades agora de viver uma vida “LIVRE”, onde talvez até ser pai de finais de semana, seria o mais conveniente naquele momento.

Porém algo aconteceu, eu acordei, simplesmente percebi onde eu estava, o que estava fazendo com a minha vida e que estava me tornando tudo aquilo que mais repudiei, um pai omisso.

Pra minha sorte, o destino, o céu, Jesus, não sei bem no que você acredita, mas pra mim foi Jesus que abriu meus olhos e percebi ali uma possibilidade de fazer tudo diferente.

Foi quando eu comecei a olhar pra paternidade com outros olhos, não mais na figura que eu NÃO GOSTARIA DE SER, mas foquei meus olhos no PAI QUE PODERIA SER.

Desde então tenho lutado para ser um pouquinho melhor a cada dia, entre meus erros e acertos, percebo nas falas da Júlia, das pessoas que me rodeiam, daquelas que me seguem, que consegui perceber o valor da vida a tempo, que a paternidade não é apenas um “plano pessoal”, mas no meu caso, um propósito muito maior.

Eu amo de mais ser pai, amo de mais ajudar as pessoas a perceberem isso a tempo, quero que mais pais tenham orgulho de dizer: SIM, SOU PAI!

Author

Lucas Bassualdo, entusiasta em Marketing Digital e conexões, sou apaixonado pelo universo infantil e atuo como Palhaço a mais ou menos 10 anos, algo que me trás vida. Sou pai da Júlia, uma mini palhaça e mega comunicativa que nasceu a minha cara, mas graças a Deus tem saúde! hehehe

Write A Comment